AGENDE SUA CONSULTA
11 3266-2418
11 3266-2112
Whatsapp11 98752-2272

Agende sua consulta



A lipoescultura é um procedimento cirúrgico que consiste em remover a gordura de regiões indesejadas e inseri-las em outras para deixar o corpo mais uniforme. Também é possível utilizar a gordura para preencher áreas flácidas e suavizar as rugas faciais. Nesse procedimento cirúrgico, o médico aspira células adiposas do paciente com o auxílio de uma cânula. Em seguida, a gordura que foi retirada é tratada para que possa ser enxertada com segurança em outro lugar. A inserção das células na área desejada é feita por meio de seringas cânulas finas . O paciente recebe anestesia desde o começo da cirurgia para não sentir dor nem incômodo. Em resumo, a lipoescultura é uma lipoaspiração associado a uma enxertia de gordura. Atualmente, cerca de 15% da gordura reabsorve – se após o procedimento e o restante mantém resultado ao longo do tempo.

Pós-operatório

Logo depois da lipoescultura é indicado usar uma cinta modeladora, que auxilia na cicatrização e faz a área operada se recuperar mais rapidamente. O prazo para voltar às atividades normais varia de acordo com o tamanho da região que sofreu intervenção, sendo portanto necessário seguir as orientações médicas. Outro aspecto importante no que se refere ao pós-operatório é que, se o paciente não seguir uma dieta balanceada e praticar exercícios físicos, poderá voltar a ter gordura localizada. A lipoescultura não altera o metabolismo e só apresenta resultados duradouros quando serve de aliada a uma vida saudável.

A quem se destina

A lipoescultura é indicada a quem quer retirar a gordura localizada de alguma área, mas que tem dificuldades, apesar de levar uma vida saudável. Portanto, esse procedimento não é ideal a quem quer e precisa perder peso, visto que consiste na redistribuição da gordura, em vez de sua completa eliminação. A lipoescultura é um procedimento cirúrgico, e desse modo, deve ser realizado por um cirurgião plástico. Como todo tipo de cirurgia, complicações pode ocorrer. A melhor maneira de prevenir complicações é realizar uma avaliação pré operatória adequada , exames complementares, realizar o procedimento com um especialista , num local adequado e seguir as orientações médicas.