AGENDE SUA CONSULTA
11 3266-2418
11 3266-2112
Whatsapp11 98752-2272
Assista a entrevista com Dr Fabrício no Jornal da Record !
Avaliação Online Transplante FUE
FALE COM O DR. FABRÍCIO

Blog Transplante Capilar Dr. Fabricio Ribeiro

Queda de cabelo

A queda de cabelo é uma queixa muito comum nos consultórios médicos e é uma condição que pode afetar tanto homens quanto mulheres ao longo da vida. Embora possa atingir outros locais do corpo, o couro cabeludo é a região mais afetada.

Esse problema pode ser motivado por diversos fatores, como doenças endócrinas, predisposição genética, doenças sistêmicas, medicamentos, alterações psicológicas, hábitos alimentares (falta de determinados nutrientes no organismo), traumas, infecções, doenças autoimunes e alterações da estrutura capilar.

Tratamento para Queda de Cabelo: O que fazer?

Antes de se submeter a quaisquer tipos de tratamentos, é necessário identificar a causa exata da queda de cabelo. Isso irá determinar a quantidade de fios perdidos, a velocidade de queda e qual a maneira mais adequada de tratar. A investigação diagnóstica da queda de cabelo deve sempre ser iniciada com um exame clínico detalhado.

Queda de cabelo: Calvície

Normalmente conhecida como calvície, a alopecia androgenética é a causa mais comum para a queda de cabelo. Essa condição pode se iniciar após a puberdade, entre os 20 e 30 anos, e, em alguns casos, após os 45 anos.

Nesse tipo de queda de cabelo, os fios ficam mais finos, mais curtos e mais claros gradual e lentamente até que o folículo piloso atrofie em um processo chamado miniaturização.

A calvície pode atingir homens e mulheres, e não são todos os fios que caem nesse processo, apenas os que ficam localizados na parte superior da cabeça, já que são geneticamente predispostos.

Queda de cabelo masculino: Como tratar a calvície masculina?

A calvície masculina é uma disfunção que ocorre devido à predisposição genética do homem. Ela se apresenta no topo da cabeça e, em alguns casos, pode atingir até 95% da região capilar após os 80 anos.

Após se certificar de que o motivo da queda de cabelo é a alopecia androgenética, inicia-se um tratamento para queda de cabelo com a ingestão de um medicamento que inibe a queda. Caso não faça efeito, o paciente pode optar por um transplante capilar ou por um implante capilar.

Queda de cabelo feminino: Como tratar a calvície feminina?

A calvície feminina é mais rara do que a masculina e, dependendo do caso, pode comprometer quase todo o couro cabeludo.

Assim como a calvície masculina, a alopecia feminina também tem tratamento, que pode ser clínico ou cirúrgico, por meio de implante capilar. O importante é diagnosticar o quadro corretamente antes de iniciar o tratamento.

Queda de Cabelo: Outras causas

Existem outros motivos que podem dar início à queda de cabelo:

Eflúvio Telógeno: Os fios de cabelo passam por três fases distintas durante o ciclo de vida. A fase Anágena corresponde ao período de crescimento dos fios (cerca de 90% dos fios estão nessa fase). A fase Catágena corresponde ao período de repouso do crescimento. Já a fase Telógena corresponde ao período de queda do cabelo, e normalmente 10% dos fios estão nessa fase.

O Eflúvio Telógeno é uma alteração da distribuição dos fios em seu ciclo de vida, ou seja, há um aumento de fios em fase Telógena. Isso pode ocorrer por causas como: anemia por deficiência de ferro, doenças da tireoide, doenças graves debilitantes, pós-operatórios de grandes cirurgias, estresse psicológico, dietas restritivas, uso de medicamentos e pós-parto.

Alopecia Areata: A queda capilar ocorre devido a um mecanismo autoimune, ou seja, o próprio organismo destrói o folículo piloso através de um processo imunológico. Seu tratamento depende da extensão da doença e da idade do paciente. Por ser uma doença autoimune, o implante capilar não é indicado.

Tricotilomania: Neste caso, a queda de cabelo é motivada por uma compulsão em puxar ou arrancar os fios, que pode não se restringir apenas ao couro cabeludo, mas às sobrancelhas, cílios e barba também. O tratamento é feito por meio de suporte psicológico e, em alguns casos, com o uso de medicamentos que controlem a compulsão.

Alopecia por tração: Ocorre quando os cabelos são presos de forma muito tracionada e é mais frequente em mulheres. A tração sobre os fios lesiona a haste do cabelo e, dependendo do caso, pode levar à perda capilar definitiva.

Alopecia Cicatricial: Esse é um caso de queda de cabelo definitiva, ou seja, ocorre a destruição completa da unidade folicular. Algumas das causas da doença são: foliculite fúngica ou bacteriana, lupus discoide e líquen plano pilar.

Anormalidades do fio: O uso incorreto de ferramentas de calor, como secador e chapinha, ou a aplicação incorreta de produtos alisantes à base de química podem resultar na quebra precoce do fio de cabelo.

Seja motivada pela calvície ou por outras condições, a queda de cabelo deve ser tratada de maneira adequada, por isso, a escolha do profissional correto é imprescindível para se obter o diagnóstico certo e o tratamento apropriado.

Na clínica do Dr. Fabrício, você encontra todo o suporte necessário. Faça seu diagnóstico online e marque uma consulta!